Buscar
  • Flávio Monachesi

Qual o custo do ERP Protheus?

Atualizado: 2 de mar. de 2020

Uma das maiores reclamações dos clientes referente ao sistema Protheus é seu custo. Mas será que o problema está no valor gasto ou na implantação do sistema?

A TOTVS há algum tempo vem tentando reduzir os custos do ERP Protheus. Os custos com licenças através do TOTVS Intera, onde o cliente pode utilizar o Cloud da TOTVS, não sendo necessário adquirir um servidor interno e mais recentemente com SMART ERP, que iremos abordar em outro post futuro, mas que reduz também o custo com mão de obra.



Onde está o problema?

Apesar de todas essas medidas da fornecedora de software visando reduzir os custos, os clientes continuam a questionar os valores gastos com manutenção, suporte e implementação do ERP PROTHEUS.

Será que os custos estão realmente altos?


A maioria dos clientes que decidem adquirir o ERP Protheus possuem algum outro sistema que não consegue mais acompanhar o crescimento da empresa.


No momento da compra do ERP são demonstradas diversas vantagens onde o sistema é apresentado como um verdadeiro aliado nas tomadas de decisões. Porém muitas vezes existe um desgaste muito grande durante a implantação, e o cliente acaba aceitando um sistema apenas onde são registradas e processadas as informações, ou seja, realizando a mesma coisa que o sistema anterior fazia.


Nós acreditamos que toda implementação dos processos da empresa dentro do ERP deverá reduzir a mão de obra e/ou atender a legislação. Mesmo que aparentemente dentro do ERP o processo pareça mais trabalhoso, ele deverá reduzir tempo em outras partes do processo, como contagem de produtos, controle de documentos, processos manuais, entre outros. Não faz sentido utilizar o ERP para um processo que se tornará mais complicado.


Este é um pensamento que tanto a empresa quando a consultoria parceira devem possuir alinhados. Após este ponto partimos para a área onde é possível extrair do sistema relatórios realmente eficazes e que ajudam nas tomadas de decisões.


O fato é que apesar de o registros de informações ser o ponto inicial da implantação, extrair estes dados de forma correta, seja em relatórios ou automatizações, é o que vai definir o verdadeiro valor do custo do ERP.


885 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo